Cuba: PS acusa Câmara de “apagar” o passado

Cuba: PS acusa Câmara

A Concelhia de Cuba do PS acusa a maioria CDU na Câmara Municipal, liderada por João Português, de querer “apagar” o passado de 16 anos de governação socialista naquela autarquia.
Em causa está a recente cerimónia de comemoração dos 40 anos de Poder Local, realizada no domingo, 11, em que a autarquia apenas homenageou, a título póstumo, os autarcas Francisco Felgueiras e António São Brás.
Em comunicado, os socialistas contestam que o momento de homenagem tenha esquecido Francisco Orelha, que liderou a Câmara de Cuba durante 16 anos, de 1997 a 2013, eleito pelo PS.
“Comemorar 40 anos de Poder Autárquico Democrático apagando 16 anos do executivo PS é, quanto a nós, intolerável e não podemos deixar passar esta ausência de democracia e desrespeito por todos os eleitos e eleitores que democraticamente elegeram os seus representantes nesses quatro mandatos”, acusa o PS no comunicado.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima