Criminalidade caiu no distrito de Beja em 2020

A criminalidade diminuiu 8,5% no distrito de Beja, com menos 351 crimes participados às autoridades ao longo do último ano. Os dados constam do Relatório Anual de Segurança Interna (RASI) relativo a 2020, sendo Beja o quinto distrito “mais seguro” do país.

De acordo com o RASI 2020, consultado pelo “CA”, em 2020 foram registadas 3.760 participações de crimes em toda a região, menos 351 que em 2019, o que representa uma quebra de 8,5%. Melhor só mesmo os distritos de Bragança (3.109 participações), Portalegre (3.341), Guarda (3.442) e Évora (3.493).

A diminuição é ainda mais acentuada na criminalidade violenta e grave, com 89 participações, menos 20 que no ano anterior, a que corresponde uma quebra de 18,3%. Também aqui Beja é o quinto distrito com os melhores resultados, apenas atrás de Bragança (42), Guarda (61), Viana do Castelo (76) e Portalegre (87).

Por concelhos, Beja volta a ser o município com maior número de participações registadas, com um total de 926, número abaixo das 1.057 de 2019. Segue-se o concelho de Odemira, com 705 participações (menos 68), e o de Moura, com 316 (mais 21). Abaixo das 100 participações de crimes em 2020 voltaram a ficar os concelhos de Cuba (95), Alvito (89) e Barrancos (75).

O crime mais participado na região em 2020 foi o de ofensa à integridade física voluntária simples (300 participações, menos 6% que um ano antes), seguido do crime de violência doméstica contra cônjuge ou análogos (280 participações, um aumento de 7,7%), e do crime por outros danos (238 participações, uma diminuição de 19,9%).

Os crimes que mais aumentaram percentualmente na região foram os de furto de animais em explorações agrícolas (52,4%) e de furto em edifício comercial ou industrial (42,3%), ainda que o número total de participações seja mais reduzido por comparação com outro tipo de crimes (64 e 74, respetivamente).

No que toca à criminalidade violenta e grave, os mais registados foram os de resistência e coação sobre funcionário (30 participações), roubo na via pública (14), roubo por esticão e extorsão (ambos com 11 participações).

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima