Covid-19. PS Odemira defende reversão das medidas do Governo

A Concelhia de Odemira do PS defende reversão das medidas do Governo, que determinam o regresso do concelho à primeira fase do processo de desconfinamento a partir desta segunda-feira, 19, tendo já solicitado um pedido de reunião urgente com o secretário-geral do PS (e primeiro-ministro), António Costa.

Segundo os socialistas, “Odemira não viu – como foi inicialmente comunicado pelo Governo – ser reconhecida a sua situação particular face à pandemia e ao número de casos existentes no concelho”. 

“Ao invés disso, no anúncio das novas medidas de combate à pandemia, o que se assiste, é a um claro agravamento destas, o que não é justo, nem coerente face à realidade socioeconómica do território”, defende o PS.

Nesse sentido, os socialistas de Odemira questionam “que medidas é que o Governo preconiza para resolver o problema, para além de punir o concelho, as atividades económicas e as suas pessoas?”.

No comunicado, o PS de Odemira afiança estar “totalmente alinhado” com  a posição tomada, na passada semana, pela Câmara Municipal, reconhecendo “o meritório trabalho desenvolvido pelos seus autarcas na resposta a esta situação pandémica”.

Os socialistas acrescentam estarem igualmente “ao lado de todos os empresários e cidadãos que vêm a sua vida prejudicada injustamente, por estas medidas restritivas e desadequadas”.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima