Covid-19. Idosos do lar de Messejana transferidos para a ZCAP de Aljustrel

Misericórdia de Messejana - idosos na ZCAP (Fev 2021)
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Um grupo de 13 utentes do lar da Santa Casa da Misericórdia de Nossa Senhora da Assunção, de Messejana, que testaram positivo à Covid-19, foram transferidos nesta sexta-feira, 12, ao final da tarde, para a Zona de Concentração de Apoio à População (ZCAP) de Aljustrel.

“Esta transferência ocorreu, precisamente, para serem separados os utentes que tinham testado negativo dos que tinham testado positivo e foram seguidos todos os protocolos das autoridades de saúde”, revela ao “CA” o provedor da instituição.

Segundo Manuel Ruas, os idosos transferidos, três homens e seis mulheres, para a ZCAP, no Centro de Artes de Aljustrel, “estão instalados em condições dignas e acompanhados de vários cuidadores” da Misericórdia de Messejana e também de uma brigada da Cruz Vermelha Portuguesa.

Em comunicado, a Câmara de Aljustrel revela que, juntamente com outros parceiros sociais locais, irá “assegurar todo o apoio logístico” e “fará uma avaliação diária, de modo a dar uma resposta pronta e sempre adequada às necessidades” dos idosos.

Para este sábado, 13, está prevista uma visita médica e de enfermagem aos idosos.

Tudo isto leva o provedor Manuel Ruas a garantir que “os nossos utentes ficaram bem instalados e acomodados e encontram-se estáveis e a ser acompanhados permanentemente, sendo reportadas por as equipas de cuidados todas as situações”, apelando “à tranquilidade das famílias”.

Recorde-se que o primeiro caso positivo de Covid-19 na instituição foi o de uma funcionária da cozinha, detectado no dia 4 deste mês.

Depois, na última terça-feira, 9, foi a vez de uma utente ter resultado positivo no teste, “encontrando-se hospitalizada” em Beja, mas “estável”.

No seguimento destes casos, foram testados, no dia 10, todos os utentes e funcionárias do lar, num total de 75 pessoas.

Opinião

Carlos Pinto

2 de Dezembro, 2022

Uma demora incompreensível

Vitor Encarnação

2 de Dezembro, 2022

Estágio

Carlos Pinto

18 de Novembro, 2022

Um homem que vai fazer falta

Napoleão Mira

18 de Novembro, 2022

Tempos de Mudança

Carlos Pinto

4 de Novembro, 2022

Matar o doente com a cura?

Vitor Encarnação

4 de Novembro, 2022

O Baile

Anterior
Seguinte

EM DESTAQUE

ULTIMA HORA

Role para cima