Covid-19. DGS corrige dados e Beja avança para próxima fase de desconfinamento

A Direcção Geral de Saúde (DGS) corrigiu os dados de novos casos de Covid-19 em Beja relativos aos últimos 14 dias e afinal o concelho vai também avançar para a próxima fase de desconfinamento a partir de segunda-feira, 19 de abril.

Em comunicado, a DGS reconhece que “procedeu a uma retificação da incidência cumulativa de Covid-19 a 14 dias por 100 mil habitantes, no concelho de Beja, para o período de 31 de março a 13 de abril de 2021”.

“A incidência cumulativa a 14 dias no período referido é assim de 107 casos por 100 mil habitantes”, acrescenta a DGS.

Desta forma, o concelho de Beja pode avançar na segunda-feira, 19, juntamente com os concelhos de Aljustrel, Almodôvar, Alvito, Barrancos, Castro Verde, Cuba, Ferreira do Alentejo, Mértola, Ourique, Serpa e Vidigueira, para a terceira fase do desconfinamento.

Esta nova fase prevê a reabertura de restaurantes, cafés e pastelarias no seu interior, com um máximo de quatro pessoas por mesa, e de todas as lojas e centros comerciais, cinemas, teatros, auditórios e salas de espetáculos.

Regressam igualmente as modalidades desportivas de médio risco e a atividade física ao ar livre até seis pessoas, e são permitidos eventos exteriores com diminuição de lotação e casamentos e batizados com 25% da respetiva capacidade de acolhimento.

No distrito de Beja ficaram apenas para trás os concelhos de Moura e Odemira, que na segunda-feira, 19, terão de regressar à primeira fase do desconfinamento, com restrições ainda mais apertadas, nomeadamente o encerramento do comércio local e das esplanadas, mantendo-se apenas as vendas ao postigo ou por take-away.  

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima