Covid-19. Campanha de vacinação reforçada no concelho de Odemira

O concelho de Odemira vai receber, nas próximas semanas, o reforço da campanha de vacinação contra a Covid-19, com a administração de mais seis mil vacinas, anunciou esta segunda-feira, 26, a Câmara Municipal.

De acordo com a autarquia, o reforço da campanha de vacinação visa “abranger o maior número de habitantes possível”, pretendendo-se que, até à primeira quinzena de maio, “mais de 40% da população esteja vacinada, de acordo com os critérios estabelecidos, designadamente periodizando os cidadãos por idade e doença de risco”.

Recorde-se que esta foi uma das reivindicações apresentadas pela Câmara de Odemira na tomada de posição aprovada no passado dia 15 de abril, depois de o Governo ter anunciado que o concelho iria regredir para a primeira fase do desconfinamento a partir de 19 de Abril devido à elevada taxa de incidência de novos casos de Covid-19 no município.

Nesse âmbito, no passado domingo, 25, o Centro de Vacinação de São Teotónio recebeu a vista do secretário de Estado Adjunto e da Defesa, Jorge Seguro Sanches (coordenador da resposta à Covid-19 no Alentejo dentro do Governo), do secretário de Estado Adjunto e da Saúde, António Sales, e do coordenador do plano nacional de vacinação, vice-almirante Gouveia e Melo.

Depois da visita, seguiu-se uma reunião para avaliar a situação epidemiológica do concelho de Odemira, onde o presidente da Câmara Municipal, José Alberto Guerreiro, “reafirmou a injustiça do critério em vigor para cálculo do nível de incidência cumulativa a 14 dias da doença Covid-19”

Em causa está o facto de o critério não contemplar “toda a população residente” e incidir “apenas na população recenseada”, conclui o comunicado da autarquia.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima