Coreia do Sul cancela investimento de 200 milhões de euros em Beja

Coreia do Sul cancela investimento

O Governo da Coreia do Sul cancelou o projecto de mais de 200 milhões de euros que previa a instalação de escola de formação avançada para pilotos de combate em Beja.
De acordo com a edição de quinta-feira, 18, do “Jornal de Negócios”, a desistência dos sul-coreanos prende-se com a demora na resposta e falta de co-financiamento, ainda que o Governo português justifique a decisão dos asiáticos com “outras prioridades” devido ao conflito com os vizinhos do Norte.
O projecto do Governo da Coreia do Sul, através da sua Força Aérea, para Beja previa a instalação de uma escola de formação avançada de pilotos para aviões de combate na Base Área 11, num investimento que superava os 200 milhões de euros.
A criação da escola no Baixo Alentejo envolveria igualmente a chegada de perto de 250 famílias à região, além dos 60 pilotos, 20 militares em posições de chefia e 150 técnicos de manutenção.
A decisão dos sul-coreanos foi comunicada no final de Janeiro ao Ministério da Defesa, que pretende agora garantir a instalação em Beja de um projecto canadiano, ainda que de menor impacto económico.

Partilhar

Facebook
Twitter
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima