Coreia do Sul cancela investimento de 200 milhões de euros em Beja

Coreia do Sul cancela investimento

O Governo da Coreia do Sul cancelou o projecto de mais de 200 milhões de euros que previa a instalação de escola de formação avançada para pilotos de combate em Beja.
De acordo com a edição de quinta-feira, 18, do “Jornal de Negócios”, a desistência dos sul-coreanos prende-se com a demora na resposta e falta de co-financiamento, ainda que o Governo português justifique a decisão dos asiáticos com “outras prioridades” devido ao conflito com os vizinhos do Norte.
O projecto do Governo da Coreia do Sul, através da sua Força Aérea, para Beja previa a instalação de uma escola de formação avançada de pilotos para aviões de combate na Base Área 11, num investimento que superava os 200 milhões de euros.
A criação da escola no Baixo Alentejo envolveria igualmente a chegada de perto de 250 famílias à região, além dos 60 pilotos, 20 militares em posições de chefia e 150 técnicos de manutenção.
A decisão dos sul-coreanos foi comunicada no final de Janeiro ao Ministério da Defesa, que pretende agora garantir a instalação em Beja de um projecto canadiano, ainda que de menor impacto económico.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima