Convento de S. Bento de Cástris vai acolher novo projecto cultural

Convento de S. Bento de Cástris

O Convento de São Bento de Cástris, em Évora, para onde esteve prevista a instalação do Museu da Música, vai ser recuperado para acolher outro projecto cultural, revela o secretário de Estado da Cultura.
"A decisão que foi tomada [pelo Governo] vai no sentido de fazer a instalação do Museu da Música no Convento de Mafra", afirma Barreto Xavier, revelando, no entanto, que várias entidades estão a trabalhar num outro projecto para o Convento de São Bento de Cástris.
O novo projecto, segundo o governante, está a ser desenvolvido pela Direcção Regional de Cultura do Alentejo (DRCAlen) e pela Câmara de Évora e, mais tarde, também em articulação com a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDR) do Alentejo.
"Julgo que, daqui a pouco tempo, poderemos anunciar o que estamos a trabalhar para o projecto que vai ser aqui desenvolvido", diz, escusando-se a avançar com pormenores: "Preferimos falar, depois, no concreto, quando anunciarmos o projecto", acrescenta.
Contactado pela agência Lusa, o presidente da Câmara de Évora, Carlos Pinto de Sá (CDU), refere que o Município "desenvolveu algumas ideias" com a DRCAlen para se encontrar um projecto alternativo ao Museu da Música que "pudesse dar uma resposta à necessidade de recuperar" o espaço.
"Começa a formar-se uma ideia para um projecto de dimensão significativa", que possibilita "a recuperação do convento, ainda que faseada, e o lançamento de uma iniciativa na área da cultura com outras vertentes", avança.
O autarca alentejano mostra-se satisfeito com o "aval" dado pelo secretário de Estado da Cultura para que as várias entidades possam continuar a "trabalhar conjuntamente nesta ideia".
Considerando que se trata de "um passo importante" para a recuperação do imóvel, Carlos Pinto de Sá recusou avançar com mais dados sobre o novo projecto, porque ainda "está numa fase embrionária".
A transferência do Museu Nacional da Música, a funcionar na estação do Alto dos Moinhos do Metro de Lisboa, para o Convento de São Bento de Cástris, em Évora, foi anunciada em Maio de 2010 pelo então secretário de Estado da Cultura, Elísio Summavielle.
Dois anos depois, em Maio de 2012, Francisco José Viegas, então secretário de Estado da Cultura, reconheceu que o processo de transferência do Museu Nacional da Música, de Lisboa para Évora, estava "claramente bloqueado", devido à falta de recursos financeiros.
O actual secretário de Estado da Cultura, Jorge Barreto Xavier, anunciou, em meados de Dezembro de 2013, que estava a ser estudada a transferência do Museu da Música para o Palácio Nacional de Mafra, e confirmou, no Parlamento, a 12 de Março, a mudança.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima