Conferências de Aljustrel debatem problemas do interior

Conferências de Aljustrel

Podem os territórios do interior, despovoados e envelhecidos, ser atractivos? É esta a questão a que os participantes nas Conferências de Aljustrel tentarão dar resposta.
A segunda edição da iniciativa, dedicada ao tema “Territórios Atractivos”, vai decorrer esta sexta-feira, 15, no Cine Oriental, numa organização da Câmara Municipal local com o apoio da Esdime e da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Alentejo.
O autarca Nelson Brito fará as “honras da casa” a partir das 9h30, seguindo-se o debate sobre o tema “A ‘memória’ nas estratégias territoriais atractivas – Que marketing territorial?”, onde irão intervir Mário Vale (Universidade de Lisboa), Carolina Mourão e Luís Ferreira (ambos da Associação Cem Soldos). A moderação será de Ana Paula Figueira e os comentários do jornalista Jorge Wemans.
De tarde vão discutir-se os “Contributos da Diáspora – Migrantes Internacionais & Desenvolvimento Local”, com intervenções de Rui Pena Pires (ISCTE), Paulo Mendes (Associação dos Imigrantes nos Açores) e Sara Albino (Projecto Buinho). A moderação ficará a cargo da jornalista Paula Moura Pinheiro.
As Conferências de Aljustrel 2015 terminam com Fátima Pereiro (ISCTE) e Miguel Torres (Acert) a falarem sobre “Pistas & Desafios dos territórios de baixa densidade”, seguindo-se os discursos do presidente da CCDR do Alentejo, António Dieb, e do presidente da Câmara de Aljustrel, Nelson Brito.
Paralelamente às Conferências de Aljustrel, a autarquia mineira inicia esta sexta-feira, 15, as Jornadas do Empreendedorismo, Competitividade e Inovação, que se prolongarão até Junho e têm por objectivo “partilhar experiências, apresentar casos de empreendedorismo e discutir os principais desafios que se colocam” a quem quer investir no concelho.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima