Concelho de Mértola vai ter estação biológica

Concelho de Mértola

Potenciar a investigação nas áreas da conservação da natureza e dos recursos cinegéticos e piscícolas vai estar entre as metas da futura Estação Biológica de Mértola (EBM).
O projecto foi formalizado no passado sábado, 25, em Mértola, através do estabelecimento de um protocolo entre a autarquia e a Rede Nacional de Investigação em Biodiversidade e Biologia Evolutiva, numa cerimónia onde marcaram presença o secretário de Estado do Ordenamento do Território e da Conservação da Natureza, Miguel Castro Neto, e os presidentes do Cibio/ Inbio e do ICNF, Nuno Ferrand e Paula Sarmento, respectivamente.
“Este importante reforço para o crescente papel que o território de Mértola tem vindo a assumir também na vertente de ‘laboratório natural’, tem o objectivo de enquadrar e promover a colaboração e cooperação científica e técnica entre a Câmara Municipal e o InBIO nos domínios da investigação e divulgação científica aplicados à conservação e utilização sustentável da biodiversidade, recursos cinegéticos e espaços agrícolas e florestais”, explica fonte municipal.
Nesse sentido, acrescenta a mesma fonte, a EBM terá como objectivo “potenciar a realização de estudos de investigação e de divulgação nos domínios da conservação da natureza, gestão dos recursos cinegéticos e piscícolas, valorização da fauna, flora e de plantas medicinais, agricultura sustentável, alterações climáticas e desertificação, entre outros temas de relevo para a região”.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima