Comerciantes de Castro contra nova loja chinesa

Comerciantes de Castro

As antigas instalações da Cooperativa de Consumo Popular (COOP) Castrense, no “coração” da vila de Castro Verde, podem em breve vir a ser ocupadas por uma loja chinesa.
Com 1412 metros quadrados de área, o enorme imóvel localizado na rua Alexandre Herculano foi recentemente adquirido por um empresário chinês e os comerciantes da zona temem que a (re)abertura deste espaço possa afectar fatalmente os seus negócios.
Esta possibilidade motivou uma reunião no passado dia 28 de Fevereiro, que juntou alguns comerciantes ao presidente da Câmara de Castro Verde, Francisco Duarte, que aproveitou a ocasião para sublinhar que a autarquia não tem poderes para travar a eventual abertura do estabelecimento.
Contudo, alguns comerciantes não se conformam e criticam o Município.

CONHEÇA TODA A HISTÓRIA NA EDIÇÃO DESTA SEXTA-FEIRA, 6 DE MARÇO, DO “CORREIO ALENTEJO”, JÁ NAS BANCAS

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima