Comerciantes de Beja garantem que crise está a afectar vendas de Natal

Comerciantes de Beja garantem que crise está a afectar vendas de Natal

A crise está a "afectar bastante" as vendas neste Natal do comércio tradicional no Alentejo, onde os comerciantes estão a vender menos e os clientes a comprar prendas mais baratas.

No caso do distrito de Beja, "a crise está a afectar bastante as vendas" do comércio tradicional, diz o presidente da Associação do Comércio, Serviços e Turismo do Distrito de Beja, Francisco Carriço.
Nesta época de Natal e em relação à do ano passado, está a registar-se "uma baixa significativa nas vendas, na ordem dos 30 por cento", o que "está a afectar muito os comerciantes e a por em perigo as empresas" tradicionais do distrito de Beja, precisa Carriço, citado pela Agência Lusa.
A medida do Governo de retirar parte dos subsídios de Natal de trabalhadores e pensionistas do sector público, "o que levou a que as pessoas tenham menos poder de compra e haja menos capital a circular", também está a "afectar bastante" as vendas, diz.
Devido ao "espírito natalício" e ao "hábito enraizado de trocar presentes", "as pessoas não querem deixar de oferecer, mas, como não podem comprar presentes mais caros, optam por presentes mais baratos e dentro das suas possibilidades", afirma.
"Dezembro é o mês em que o comércio tradicional factura mais e consegue repor um pouco as vendas baixas do resto do ano, mas este mês isso não está a ser possível, porque as pessoas estão a comprar presentes muito mais baratos e a gastar muito menos", explica.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima