Combate ao desemprego é prioridade em Serpa

Combate ao desemprego

O combate ao desemprego no concelho de Serpa através da captação de investimento é uma das prioridades do recém-eleito presidente do Município, o comunista Tomé Pires.
"No âmbito do que nos é possível e compete fazer, vamos tentar dar mais condições às pequenas e médias empresas do concelho e, ao mesmo tempo, captar investimentos, que possam criar postos de trabalho e, assim, contribuir para atenuar o problema do desemprego no concelho", diz à Agência Lusa.
Nesse sentido, a autarquia vai "continuar a dinamizar" a zona industrial de Serpa e as zonas de actividades económicas das freguesias de Pias e de Vila Nova de São Bento e "trabalhar com o objectivo de as ampliar", explica.
"Melhorar a oferta e a qualidade das zonas industriais do concelho de Serpa, para que empresas se instalem e tenham boas condições para laborar, é uma das medidas âncora para promover o desenvolvimento económico do concelho", defende.
A autarquia também quer lançar programas de apoio destinados a empresas locais de sectores considerados "relevantes" para o concelho, como o comércio tradicional e as agro-indústrias, diz.
"Não estamos em condições de fazer grandes investimentos, daí o objectivo de rentabilizar ao máximo o que temos", diz Tomé Pires, que também definiu a área social como uma das prioridades do novo executivo autárquico.
"A Câmara de Serpa vai estar muito atenta às dificuldades das populações" do concelho, as quais, devido à crise, "são cada vez mais e isso nota-se pelo número de pedidos de ajuda que chegam todos os dias" à autarquia, que, em articulação com as instituições sociais, vai "tentar dar as respostas possíveis", acrescenta.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima