Comando Territorial de Beja da GNR tem novo comandante

O tenente-coronel Frederico Galvão da Silva, de 46 anos e natural de Vidigueira, toma posse nesta quinta-feira, 18, como novo comandante do Comando Territorial de Beja da GNR, sucedendo no cargo ao coronel Altide Cruz.

A cerimónia de tomada de posse está agendada para as 15h00 nas instalações do Comando da Unidade, em Beja, e será presidida pelo comandante-geral da GNR, tenente-general Rui Clero.

Licenciado e mestre em Ciências Militares, na especialidade de Segurança, pela Academia Militar, Frederico Galvão da Silva é também mestre em Medicina Legal e Ciências Forenses, pela Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, e mestre em Política de Defesa e Segurança Internacional, pela Faculdade de Ciências Políticas e Sociologia da Universidade Complutense de Madrid (Espanha).

O militar ingressou no quadro permanente da GNR em 1994 e desde então desempenhou diversas funções, nomeadamente comandante de pelotão do Regimento de Cavalaria, comandante de pelotão a cavalo e comandante interino do Esquadrão de Cavalaria da Brigada Territorial nº 3, chefe da Secção de Identificação de Vítimas de Desastres da Divisão de Criminalística e Perito Europeu de Identificação de Vítimas de Desastres, ou chefe da Seção de Recursos Humanos e Justiça do Comando Territorial de Beja, entre outros.

Na folha de serviço de Frederico Galvão da Silva constam igualmente vários louvores e condecorações.

O Comando Territorial de Beja da GNR tem sede na cidade de Beja e é responsável pelo cumprimento da missão da instituição neste distrito.

O Comando conta com um Destacamento de Intervenção, um Destacamento de Trânsito e ainda de cinco destacamentos territoriais (Almodôvar, Aljustrel, Beja, Moura e Odemira), num total de 35 postos territoriais.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima