Comandante dos Bombeiros de Castro Verde demitiu-se

O comandante dos Bombeiros Voluntários de Castro Verde, Vítor Antunes, apresentou, na passada semana, o seu pedido de demissão do cargo, devido “à inoperacionalidade” da corporação.

Em declarações ao “CA”, Vítor Antunes diz que o seu pedido de demissão, apresentado a 26 de maio à direção da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Castro Verde, é “irrevogável” e tem por base “a inoperacionalidade do corpo de bombeiros”.

“Temos poucos profissionais e poucos voluntários” e “é devido a essa situação que, havendo qualquer situação grave, é muito difícil podermos socorrer com eficiência e com rapidez. Isso levou-me a chegar a um ponto em que é impossível continuar no comando por mais tempo”, explica.

Vítor Antunes acrescenta ainda que, “há cerca de um ano”, deu conta da “inoperacionalidade do corpo de bombeiros à direcção, mas não se conseguiu fazer mais nada”.

“É muito difícil comandar um corpo de bombeiros sem pessoal”, remata o comandante demissionário.

O “CA” tentou obter uma reação por parte do presidente da direção da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Castro Verde, Aníbal Conceição, o que ainda não foi possível.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima