Problemas na saúde?

Quinta-feira, 12 Maio, 2016

Carlos Pinto

director do correio alentejo

Na sua última edição, a 29 de Abril, o “CA” deu conta do inquérito que decorreu na Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo (ULSBA) sobre a morte de Manuel Ludovina, de Castro Verde, em Fevereiro deste ano, após ter sido submetido a uma biópsia. Já esta semana, foi a Rádio Pax (Beja) quem noticiou a morte de um outro homem, António Joaquim Pereira, de 81 anos e residente em Almodôvar, que faleceu em Novembro de 2015 após cair de uma maca no Serviço de Urgências do hospital de Beja. Ambas as situações foram alvo de averiguações internas por parte da ULSBA, conforme confirmou o próprio conselho de administração.
Estes terão dois dos casos que levaram o deputado do PS eleito por Beja, Pedro do Carmo, a questionar o Governo, através do seu ministro da Saúde, sobre o volume de procedimentos por ocorrência de episódios anómalos na prestação de cuidados de saúde no Hospital José Joaquim Fernandes, em Beja, entre 2012 e 2016. Mas mais: Pedro do Carmo quer igualmente saber qual o volume e quais as razões invocadas para os processos disciplinares que têm acontecido nos últimos quatro anos na ULSBA.
São duas questões legítimas e que merecem resposta concreta por parte da tutela e de quem lidera a ULSBA. Em matéria de Saúde, o rigor e a qualidade no serviço prestado devem estar acima de tudo. E se alguma coisa correu mal neste e outros casos registados na principal unidade hospitalar do distrito, exige-se a aplicação de medidas urgentes que evitem novos episódios semelhantes no futuro. É que acima da Saúde e da vida humana não resta mais nada.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Em Destaque

Últimas Notícias

Role para cima