Os dilemas do PSD baixo alentejano

Quinta-feira, 17 Setembro, 2020

António José Brito

director do correio alentejo

No distrito de Beja como no resto do país, o PSD tem navegado em águas pouco calmas e precisa de clarificar o seu rumo.
É indesmentível que existe uma cisão que há muito tempo perdura. Herdeiras do período “cavaquista”, as lideranças de José Raul Santos abriram “frentes de combate” com uma sensibilidade enraizada na cidade de Beja que em nenhum momento aceitou a liderança do antigo presidente da Câmara de Ourique.
Nos últimos 10 anos, Raul dos Santos mantém um domínio muito forte, apenas contrariado quando Durão Barroso, acabado de chegar ao governo, preferiu ter João Paulo Ramôa como governador civil. Desolado e sem o apoio do seu velho amigo Santana Lopes, o homem de Ourique operou uma retirada estratégica que levou à presença de líderes distritais pouco afirmativos.
Fragilizado por sempre ter vivido na “esfera” de Raul Santos, o actual líder, Amílcar Mourão, nunca conseguiu uma afirmação total. E não foi capaz de demonstrar que o partido não continua a ser “dominado” pelo antigo autarca de Ourique.
Ora, como é bom de ver, é esta proliferação de cumplicidades que impede a acalmia no seio do PSD. Bem pode o líder garantir que as reuniões da comissão política mostram um partido a remar para o mesmo lado. Bem pode, com respeitável genuinidade, manifestar o desejo de ter um PSD unido e estar ciente que precisa dessa união para alcançar resultados. Só isso não chega! E o problema do PSD no país pode ser perfeitamente decalcado para o distrito de Beja. Por cá, Mourão não merece o entusiasmo ou o apoio de várias figuras influentes. No país, Menezes anda debaixo do “fogo cerrado dos barões”! É este PSD, a contas com tantos dilemas internos, que se apresenta em Almodôvar.
Tirando tudo isto, que não é pouco, este congresso só tem razões para ser um momento partidário importante. Pelos temas em debate e pela sua oportunidade.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Em Destaque

Últimas Notícias

Role para cima