O lado (Muito) mau do desporto

Sexta-feira, 26 Maio, 2023

Carlos Pinto

JORNALISTA | DIRECTOR DO "CA"

Nos últimos dias, o jogador brasileiro Vinícius Jr., do Real Madrid, tem andado nas “bocas do povo” pelos piores motivos. Não por atitudes suas, mas por deploráveis gestos de racismo contra si protagonizados a partir das bancadas num jogo realizado em Valência (depois do mesmo já ter sucedido noutros estádios do país vizinho).
O caso espoletou uma série de reações em todo o mundo em defesa do atleta e de condenação das atitudes dos adeptos, alguns dos quais já detidos pela autoridades e banidos de entrarem no Estádio Mestalla, “casa” do Valência, que entretanto também viu a chamada Bancada Kempes encerrada por ordem federativa.
O caso de Vinícius Jr. não é, infelizmente, único. Também em Portugal já se passou por situação semelhante, num jogo entre o Vitória de Guimarães e o FC Porto, com o portista Marega a ser insultado pelos adeptos rivais apenas por ter a cor de pele com que nasceu.
Quem vai com regularidade ao futebol há muito que ouve, vindo das bancadas (por vezes do espectador que está ao lado), insultos como “preto do c…” ou “macaco” lançado contra jogadores não caucasianos, para não falar dos habituais “filho da p…”, “cabr…” ou “pane…” dirigidos aos jogadores e técnicos rivais ou à equipa de arbitragem.
Este é, seguramente, um dos piores lados do Desporto. O da selvajaria, o da ofensa e da injúria sem punição. Porque será que quando certas pessoas se cruzam na rua trocam cumprimentos cordialmente e depois, entrados no estádio e sentados em bancadas opostas, trocam impropérios injustificáveis, como se isso fosse natural e admissível só porque torcem por clubes diferentes.
O Desporto é uma festa e o futebol a coisa mais importante entre as coisas sem importância nas nossas vidas. Por isso, que se punam severamente os autores deste tipo de prevaricações e que, tal como vemos na NBA, ir a um estádio ou um pavilhão por ser um ato de prazer para partilhar em família e não uma atividade “de risco”.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Em Destaque

Últimas Notícias

Role para cima