Columbofilia no caminho certo!

Quinta-feira, 17 Setembro, 2020

António Simão

columbófilo

Divulgadas que estão as classificações finais dos campeonatos nacionais organizados pela Federação Portuguesa de Columbofilia, é tempo de fazer um balanço ao comportamento dos columbófilos e pombos alentejanos na época desportiva de 2007.
A participação do distrito de Beja nas grandes manifestações columbófilas de âmbito nacional, iniciou-se logo em Janeiro, por altura da XXXIV Exposição Nacional, que decorreu em Beja, no Parque de Feiras e Exposições.
Um 4.º e 5.º lugar na Categoria Absoluta, que é aquela onde estão presentes os voadores mais completos, já que precisam de um conjunto de classificações extremamente exigentes nas três especialidades tradicionais – Velocidade, Meio-fundo e Fundo –, foram as melhores classificações obtidas pelos pombos baixo-alentejanos pertencentes, respectivamente, a António Camacho, de Ervidel, e António Simão, de Beja.
Já em Julho, no Grande Prémio Gaspar Vila Nova, os Irmãos Serrano, de Beja, foram 2.º classificados, perdendo o primeiro lugar em cima da linha de chegada, pois o seu generoso borracho foi um dos dois fugitivos que lograram chegar ao Columbódromo de Mira isolados em relação aos restantes competidores. Uma distracção na altura da entrada no pombal custou aos Irmãos Serrano o título de campeão.
Depois, concluídas as contas da Maratona Nacional 2007, recebemos a feliz notícia que José Rosa Santos, de Beja, se sagrou campeão nacional na respectiva Maratona. Um resultado extraordinário de uma importância enorme, não apenas para o columbófilo como para toda a columbofilia distrital.
Agora, mais recentemente, veio a “cereja no topo do bolo” com o título de campeão nacional Pombo Ás – Fundo, obtido pela columbófila de Entradas Luana Conceição. Um feito que assume um significado redobrado por ter sido conseguido por uma concorrente que para exercer a prática columbófila está obrigada a um esforço acrescido, já que residindo em Entradas, onde tem o seu pombal, concursa na Sociedade Columbófila “Asas Verdes”, de Castro Verde.
Esta proeza de Luana Conceição vem enriquecer de sobremaneira o palmarés do distrito de Beja nas grandes competições nacionais e vem, também, fazer aumentar o apetite que há pela aquisição dos pombos alentejanos cujas características de fundistas são muito apreciadas (e desejadas!) em todo o país columbófilo.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Em Destaque

Últimas Notícias

Role para cima