Aplauso aos empreendedores

Sexta-feira, 5 Agosto, 2022

Carlos Pinto

JORNALISTA | DIRECTOR DO "CA"

Num tempo em que o atavismo muitas vezes se sobrepõe à vontade de executar, é de louvar aqueles que fazem, que assumem o risco de falhar e que ousam desafiar o que está estabelecido. Daí que apesar de empreender ser um dos verbos mais recentes no nosso léxico diário, nem todos ainda o saibam (ou queiram) conjugar. Porque isto de inovar, de investir, de correr riscos e de ter de recomeçar não é para todos… sobretudo nos tempos atuais, vindos de dois anos de “clausura” forçada devido a uma pandemia impensável e colocados perante um cenário de recessão mundial causado por uma guerra inenarrável e inexplicável.
Vem isto a propósito de mais uma edição dos prémios “Espírito Empreendedor”, entregues pela Câmara Municipal de Odemira durante a recente FACECO e onde voltaram a ser distinguidos aqueles que tiveram a coragem de ousar.
Novos investidores que assumiram o risco de empreender num território do interior como é Odemira, contrariando os fatalismos do costume. Por isso mesmo, todos merecem ser aplaudidos e ouvir os elogios possíveis e inimagináveis.

2. A aprovação da candidatura apresentada pelo IPBeja, em parceria com a Câmara Municipal da cidade, ao Plano Nacional para o Alojamento no Ensino Superior (PNAES), que permite que a futura residência estudantil da instituição tenha um financiamento de 15 milhões de euros, “a executar até 2026”, no âmbito do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), é sem dúvida uma grande notícia para a região.
A educação é uma das “chaves” para o desenvolvimento de qualquer região e, nesse sentido, ter o IPBeja com cada vez mais e melhores condições será fundamental para captar (ou fixar) as populações do futuro.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Em Destaque

Últimas Notícias

Role para cima