2022: Que ano está para vir?

Sexta-feira, 17 Dezembro, 2021

Carlos Pinto

JORNALISTA | DIRECTOR DO "CA"

O ano de 2021 está quase, quase no fim e, ao contrário do que muitos aspiravam, esteve longe de ficar marcado pelo regresso à “normalidade” perdida em março de 2020. A pandemia da Covid-19 continua a ser uma realidade bem presente no nosso dia-a-dia, mas os avanços verificados – sobretudo em matéria de vacinação – permite-nos encarar com outra confiança o ano que está para vir.
Mas será que temos mesmo razões para estar otimistas relativamente a 2022? Esta é a grande questão que muitos fazem nesta altura e a que poucos conseguem responder com convicção.
O ano de 2022 encerra em si enormes desafios, como qualquer novo ano. Desde logo, devido à incógnita que continua a ser a pandemia. Mas também porque, no plano económico, se anunciam aumentos em quase todos os sectores e um inevitável crescimento da inflação e das taxas de juro. Resumindo, em 2022 a nossa vida vai ficar mais cara (o que nunca é bom e pode trazer complicações acrescidas a muita gente).
Mas o próximo ano será também de eleições legislativas, com todas as incertezas que tal ato encerra. E será também o primeiro ano para a aplicação dos fundos provenientes da Europa para o Plano de Recuperação e Resiliência, o que exige rigor e determinação.
Ou seja, 2022 promete enormes desafios a que todos temos de dar resposta. Até lá, votos de boas festas a todos e a certeza de que o “CA” cá estará para dar conta do que for sucedendo na região (e não só) no ano que está para vir.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Em Destaque

Últimas Notícias

Role para cima