Câmaras do distrito de Beja recebem apenas 97 milhões de euros em 2012

Câmaras do distrito de Beja recebem apenas 97 milhões de euros em 2012

Apenas seis em 308 municípios vão receber em 2012 mais verbas do que em 2011 através das transferências do Orçamento do Estado (OE 2012), que estabelece que as câmaras vão perder no próximo ano, em média, 4,7 por cento.
Em 2012, o mapa de transferências para os 308 municípios estabelece uma verba geral de 2.284.034.410 euros, quando no ano anterior receberam 2.397.864.673 euros, ou seja, mais 4,7%.
Mirandela, no distrito de Bragança, Lagos e Loulé, no de Faro, Nazaré, em Leiria, Sintra (em Lisboa) e Trofa (Porto), são os únicos concelhos que escapam aos cortes nas verbas a transferir pelo Estado.
Todos os outros municípios perdem verbas, sendo que do total dos 2,2 mil milhões de euros, os municípios recebem 1,7 mil milhões de euros relativos ao Fundo de Equilíbrio Financeiro (FEF), 140,5 milhões do Fundo Social Municipal (FSM) e 391,4 milhões de euros das transferências de comparticipações no IRS a que têm direito.
Por distritos, os municípios de Lisboa recebem 238,4 milhões e os do Porto 233,3 milhões.
Já os municípios do distrito de Beja receberão apenas 97 milhões de euros em 2012, ainda assim mais que os "vizinhos" de Évora (79,6 milhões de euros) e Portalegre (72,9 milhões de euros).
No total, aos concelhos de Beja é-lhes retirado 4,7% do valor transferido em sede de OE face a 2011.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima