Câmara de Odemira diminui impostos municipais em 2013

Câmara de Odemira diminui impostos municipais em 2013

Em tempo de crise, a Câmara de Odemira decidiu reduzir as taxas do Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) e da Derrama a aplicar no próximo ano de 2013.
Fonte municipal adianta ao "CA" que a decisão, já aprovada pelo executivo da autarquia e pelos eleitos da Assembleia Municipal, visa "dar um sinal de solidariedade e esperança à população, numa época de grandes dificuldades económicas para as famílias do concelho", sem que tal comprometa "a gestão equilibrada da autarquia".
Nesse sentido, e apesar do Orçamento de Estado para 2012 estabelecer novos limites mínimos e máximos para as taxas de IMI em 2013, os prédios avaliados serão taxados em 0,35% e os ainda não avaliados em 0,7%.
Por outro lado, as pequenas empresas e os empresários em nome individual com sede no concelho e cujo volume de negócios em 2012 não exceda os 150 mil euros, não vão pagar Derrama em 2013.
Já os sujeitos passivos com um volume de negócios superior a 150 mil euros apenas estarão sujeitos a uma taxa de Derrama de 1% em 2013 sobre o lucro tributável sujeito e não isento de Imposto sobre o Rendimento das Pessoas Colectivas (IRC).

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima