Câmara de Ferreira do Alentejo critica saída de municípios do Conservatório

Câmara de Ferreira do Alentejo critica saída de municípios do Conservatório

A Câmara de Ferreira do Alentejo considera que as autarquias que decidiram ou pretendam abandonar o Conservatório Regional do Baixo Alentejo (CRBA) só estão a contribuir “negativamente” para o futuro da instituição, numa clara alusão à recente tomada de posição do Município da Vidigueira.
Em comunicado enviado para a redacção do “CA”, a autarquia ferreirense assegura que “continuará presente no CRBA, contribuindo para o seu funcionamento, na medida das suas possibilidades”, e promete desenvolver “esforços para que este projecto de grande importância cultural e abrangência regional perdure por muito tempo e continue a prestar um importante serviço ao Baixo Alentejo”.
A nota da edilidade ferreirense vai mais longe e sublinha mesmo que “apesar das grandes dificuldades financeiras que os municípios atravessam e das fortes limitações e restrições à sua actividade”, não pode aceitar “que o abandono de municípios seja solução para a resolução do que quer que seja”.
“Tais situações serão, elas sim, causadoras de perturbação e agravamento das condições económicas e financeiras do CRBA”, vinca o comunicado do executivo liderado pelo socialista Aníbal Reis Costa, deixando a garantia de que a Câmara de Ferreira do Alentejo “continuará a contribuir para a solução”, ao contrário dos municípios “que abandonam ou possam vir a abandonar o CRBA”, que “serão o problema e contribuirão negativamente para o futuro desta importante instituição do Baixo Alentejo”.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima