Câmara de Beja vai aderir ao Mercado Social de Arrendamento

Câmara de Beja vai aderir ao Mercado Social de Arrendamento

A Câmara de Beja vai aderir ao Mercado Social de Arrendamento que visa disponibilizar imóveis tomados pelos bancos para serem alugados, por rendas 30 por cento abaixo dos valores de mercado livre, por pessoas em situação de carência habitacional.
Segundo o Município, os imóveis destinam-se a ser alugados por pessoas que têm rendimentos superiores aos que permitem a atribuição de uma habitação social, mas sem capacidade financeira para arrendarem um imóvel no mercado livre.
A Câmara de Beja explica que estão em curso os procedimentos necessários à formalização da adesão da Câmara de Beja ao Mercado Social de Arrendamento, como a assinatura do protocolo de colaboração com as entidades gestoras.
O projecto "Mercado Social de Arrendamento", integrado no Programa de Emergência Social, resulta de uma parceria entre o Estado e entidades públicas e privadas aderentes e à qual se associam municípios, prestando colaboração técnica, administrativa e processual.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima