Câmara de Beja suspende candidaturas ao Fundo de Apoio às Microempresas em 2012

Câmara de Beja suspende candidaturas ao Fundo de Apoio às Microempresas em 2012

A Câmara de Beja vai suspender durante o próximo ano as candidaturas ao Fundo de Apoio às Microempresas (FAME), devido à "fraca procura" e às dificuldades financeiras da autarquia, disse hoje o presidente do município.
"As novas regras mais exigentes do FAME, que se tornaram menos aliciantes para as microempresas e, por isso, tem havido uma fraca procura e muito poucas candidaturas, e as dificuldades financeiras do município, levaram à suspensão de candidaturas ao fundo durante o ano de 2012", explicou Jorge Pulido Valente.
No entanto, frisou, a Câmara de Beja vai considerar a hipótese de reactivar o FAME em 2013, "se houver condições, necessidade e interessados".
Actualmente, o FAME tem "apenas duas candidaturas", uma em curso e outra em fase de apreciação, para as quais o município tem verbas disponíveis, disse o autarca.
"Havia intenções muito vagas para mais duas ou três candidaturas, que não chegaram a concretizar-se, devido às dificuldades conjunturais e às novas regras do fundo", acrescentou.
A Câmara de Beja, por decisão do anterior executivo CDU, aderiu ao FAME em 2008 para apoiar financeiramente projectos de investimento de microempresas do concelho e dos sectores da indústria, do comércio, do turismo e dos serviços.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima