CM Odemira apoia IPSS’s do concelho

CM Odemira apoia

A Câmara de Odemira vai atribuir um apoio financeiro no valor total de 180 mil euros às nove instituições particulares de solidariedade social (IPSS) do concelho, como medida para ajudar estas entidades nos custos acrescidos associados à pandemia de Covid-19.
Fonte municipal adianta ao “CA” que as instituições humanitárias e sociais “enfrentam novas dificuldades e carências, sendo previsível um período de crise económica e social que urge minimizar, com medidas de excepção”.
“Assim, o Município de Odemira decidiu apoiar financeiramente as IPSS, através da celebração de protocolos de financiamento, no valor global de 180 mil euros”, acrescenta a mesma fonte, esclarecendo que serão apoiadas com 17.500 euros a Associação Humanitária D. Ana Pacheco (Sabóia), Associação de Paralisia Cerebral de Odemira, Associação de Reformados e Idosos de Vila Nova de Milfontes, Associação de Reformados Pensionistas e Idosos de São Teotónio, Casa do Povo de Relíquias, Casa do Povo de São Luís e Casa do Povo de São Martinho das Amoreiras.
Já a Santa Casa da Misericórdia de Odemira receberá o total de 52.500 euros, sendo 17.500 euros por cada lar (em Odemira e em Colos) e para a sua Unidade de Cuidados Continuados, enquanto a Associação Nossa Senhora do Mar (Zambujeira do Mar) receberá 5.000 euros.
A Câmara de Odemira revela ainda que a par desta medida, decidiu igualmente a isenção do pagamento do valor total da factura de serviços de água, águas residuais e resíduos, referente aos meses de Abril a Julho, o fornecimento de equipamentos de protecção individual e a garantia da continuidade dos apoios técnico e financeiro nas obras de ampliação e beneficiação, no âmbito do Portugal 2020, a decorrer em três lares residenciais: Sabóia, São Martinho das Amoreiras e São Teotónio.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima