CIMBAL. Eleitos do PS recusam acusações da CDU

Os eleitos do PS na Assembleia Intermunicipal da Comunidade Intermunicipal do Baixo Alentejo (CIMBAL) rejeitam as críticas feitas pela CDU, considerando as mesmas “deslocadas da realidade, demagógicas e puramente eleitoralistas”.

Em causa está o facto de os comunistas terem acusado os socialistas de “recusarem admitir as responsabilidades do Governo do seu partido” nos “problemas estruturais da região”, depois do PS ter rejeitado uma moção apresentada pela CDU onde era exigida “a resolução de problemas estruturais” que “obstam a uma melhor qualidade de vida na região”.

Na resposta, em comunicado enviado ao “CA”, os eleitos do PS justificam o voto contra a proposta de moção por entenderem que a mesma é “um ataque focado no ‘bota-abaixo’ e, por isso, injusto, sectário e desproporcionado ao trabalho desenvolvido pelos autarcas baixo-alentejanos e pela CIMBAL na defesa dos interesses da região e dos baixo-alentejanos”.

O PS acrescenta reconhecer, “como aliás já o fez o Conselho Intermunicipal da CIMBAL na sua tomada de posição pública de 16 de julho de 2018, que existem enormes carências e necessidade de investimento nas acessibilidades da região, seja na rodovia, seja na ferrovia”.

“Reconhecemos, igualmente, a necessidade de uma verdadeira estratégia de valorização do aeroporto de Beja”, garantem os eleitos do PS, que dizem ainda rever-se “na posição do conselho intermunicipal, que exigiu ao Governo que seja concedida, no âmbito dos planos nacionais de investimento, prioridade aos investimentos reivindicados pela região”.

Por tudo isto, continua o comunicado dos eleitos do PS, “perante a recusa da CDU em procurar compromissos e tornar a moção transversal a todos os grupos da assembleia, não aceitam que aqueles eleitos tentem anular, perante a Assembleia Intermunicipal e os baixo-alentejanos, todo o trabalho de propositura positiva e ação efetiva dos autarcas do PS e da CIMBAL”.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima