Cimbal ainda não aceitou património da AD Beja

Cimbal ainda não aceitou

Só em Janeiro é que a Comunidade Intermunicipal do Baixo Alentejo (Cimbal) vai decidir se aceita receber o património e funcionários da Assembleia Distrital de Beja.
A transferência do património móvel e imóvel (incluindo a gestão do Museu Regional Rainha D. Leonor – na foto) e dos seus 14 funcionários para a Cimbal foi aprovada a 9 de Setembro deste ano pela Assembleia Distrital de Beja – que vai ser extinta –, mas desde então o processo não conheceu desenvolvimentos.
Esta situação vai contra o que está previsto na lei que determina a extinção das assembleias distritais, já que esta dá um prazo de 120 dias para que cada uma comunique ao Governo qual a entidade a que vai entregar o seu património e quadro de pessoal.
Contudo, e segundo apurou o “CA”, esse prazo já foi ultrapassado sem que a Cimbal tenha decidido se aceita ficar com o património da Assembleia Distrital de Beja.
A decisão final só deverá surgir durante o mês de Janeiro, depois de uma reunião dos responsáveis pela Cimbal com o secretário de Estado da Cultura, Jorge Barreto Xavier, onde será discutida a questão da gestão do museu.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima