CEBAL quer estabelecer contrato-programa com o Governo

CEBAL quer estabelecer contrato-programa com o Governo

O CEBAL – Centro de Biotecnologia Agrícola e Agro-Alimentar do Baixo Alentejo e Litoral pretende estabelecer com o Governo um contrato-programa que possibilite a vinda de mais investigadores e doutorandos para o seio da instituição.
A proposta deve ser apresentada à tutela no final deste mês de Outubro, já depois da segunda visita da sua Comissão de Acompanhamento Técnico/Científica (que se realiza esta segunda-feira, 15), e visa protocolar com o Estado um contrato-programa de cinco anos, que no total pode representar um investimento de perto de um milhão de euros (200 mil euros/ ano).
Este contrato-programa permitirá ao CEBAL "atingir a dimensão adequada", integrando mais cinco a seis investigadores, "de forma a que o centro possa prosseguir com as suas actividades e alcançar daqui a algum tempo a quantidade necessária de massa critica para o seu bom funcionamento", justificou o fundador e presidente da Comissão de Acompanhamento Técnico/ Científica do CEBAL, João Lopes Batista, em conferência de imprensa.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima