CDU Beja defende criação de Museu da BD

CDU Beja defende

Os vereadores da CDU na Câmara de Beja consideram “um erro” do actual executivo do PS o eventual abandono do projecto do Museu de Banda Desenhada, que estava previsto pela anterior gestão comunista na autarquia.
Em comunicado, os vereadores da CDU sustentam que “o sucesso, nacional e além-fronteiras, do Festival Internacional de Banda Desenhada devia motivar a criação de mais um pólo de atracção ao território, não apenas em termos turísticos, mas também como factor catalisador do progresso económico e social de Beja”.
Nesse sentido, os eleitos comunistas entendem que o Museu de Banda Desenhada “será um nicho potenciador de fixação de gente e de criação de emprego, directo ou indirecto, em torno da indústria da Banda Desenhada”.
“O entusiasmo que o projecto, único no país, criou, nomeadamente junto de artistas, editores e outros empresários do ramo, motivou forte interesse pela cidade e pela região, que se foi desvanecendo e perdendo, devido à completa e constrangedora insensibilidade e falta de visão do actual executivo municipal”, acrescenta o comunicado da CDU.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima