CDS-PP critica aumento da água em Castro Verde

CDS-PP critica aumento

A Concelhia de Castro Verde do CDS-PP critica duramente o aumento da tarifa da Água, Saneamento e Resíduos recentemente aprovada pela maioria CDU na Câmara local.
Em comunicado enviado ao “CA” e assinado pelo presidente da Concelhia, António Lampreia, os centristas de Castro Verde argumentam que o “aumento de 8,5% agora aprovado é uma afronta ao cidadão que cumpre os seus deveres, feito por quem não cumpre a obrigação de servir”.
Para a Concelhia do CDS-PP, “há já demasiado tempo que o pior serviço que a Câmara de Castro Verde presta aos seus munícipes é o do abastecimento de água”, considerando mesmo que o “serviço é tão deficiente que já está demasiado caro”.
Esta situação leva o CDS-PP a afirmar que para a maioria CDU, que governa a autarquia castrense, “as prioridades são as festas e bailaricos e não a higiene ou sede dos ‘contemplados’ com canalizações mais deterioradas”.
“A água é um bem essencial, pelo que é vergonhoso que um aumento nas receitas municipais sirva para manter as aparências. As festas e foguetes hão-de se manter, o despesismo há-de continuar, mas para o essencial vai-se buscar aos bolsos de quem trabalha para suportar os encargos, contribuições, taxas e tarifas”, conclui o comunicado do CDS-PP.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima