Castro Verde tem de devolver mais 486 mil euros de Derrama

Castro Verde tem de devolver

A Câmara de Castro Verde foi informada pela Autoridade Tributária (AT) que vai ser penalizada com uma nova retenção de Derrama cobrada indevidamente, desta feita referente ao ano de 2008, num montante que ascende a 486487,25 euros.
Recorde-se que desde o início do mandato do actual executivo, a Câmara de Castro Verde já devolveu cerca de um milhão e 900 mil euros de Derrama, a que se juntam agora mais 486.487,25 euros, “com todas as implicações muito negativas que isso traz”, observa o presidente da autarquia.
“Desta forma, desde Agosto de 2017 e até esta data, a AT, com as suas várias correcções e acertos, já reteve 2.164.022,07 euros de Derrama à Câmara Municipal de Castro Verde. Ou seja, em três anos, a Câmara Municipal deixou de receber 2.164.022,07 euros, com todas as implicações que isso tem no seu trabalho”, frisa António José Brito.
O edil castrense reconhece tratar-se “de um problema gravíssimo” com que o seu executivo está “de novo” confrontado “desde que começou este mandato e que defrauda todas as expectativas e planeamento do Município”. “É, de facto, uma situação muito penalizadora para Castro Verde”, lamenta.
Esta situação leva mesmo António José Brito a lançar mesmo um desafio: “O que seria possível fazer no concelho se a Câmara tivesse recebido estes 2.164.022,07 euros?”

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima