Casa do Benfica de Almodôvar apresenta equipa de ciclismo

Casa do Benfica de Almodôvar

A equipa de ciclismo de Masters da Peçamodôvar/ Casa do Benfica de Almodôvar apresenta-se oficialmente este sábado, 21, ao final da tarde, no Fórum Cultural da vila.
Apesar das profundas mudanças verificadas no seu elenco, a formação encarnada continua a alimentar objectivos ambiciosos.
“Este ano não vamos ter uma equipa tanto para o espectáculo, mas mais homogénea e mais capaz. Por isso digo que partimos de um patamar um bocadinho mais baixo [que no ano passado], mas com expectativas muito boas”, assume ao “CA” o director-desportivo da equipa, Henrique Revés.
Em 2015 a equipa almodovarense mantém um orçamento a rondar os 30 mil euros e conta com um plantel com 12 ciclistas.
Manuel e David Caetanita, José Valadas, Nuno Mendes, Jorge Letras, Filipe Ferreira, Humberto Careca e Amândio de Jesus são as caras novas na formação orientada por Francisco Camacho.
A estes juntam-se ainda Márcio Correia, Hélder Pereira, João Portela e Gualdim Carvalho, que transitam da última temporada, em que os benfiquistas de Almodôvar venceram 21 das 29 provas nacionais e internacionais em que participaram.
Uma época histórica que teve como momento alto a conquista da camisola de campeão ibérico por João Letras (natural de Cuba e que este ano se mudou para a nova equipa de sub-23 da Sicasal) e que dificilmente se repetirá. Ou não!
“Estamos com a esperança que vamos conseguir fazer uma época também muito boa. Temos dois ou três atletas com o mesmo padrão que os do ano passado e que nas chegadas e prova a prova são uns verdadeiros vencedores”, afirma Henrique Revés, que não hesita na hora de definir prioridades entre os objectivos traçados.
“Vamos apostar novamente no campeonato nacional, uma prova que andamos a tentar conquistar há já algum tempo mas que nos tem passado um bocadinho ao lado”, assume o dirigente, que aposta em João Portela para garantir o título nacional.
“Mas temos ainda o Amândio de Jesus, que foi o primeiro campeão ibérico e está este ano de volta a Almodôvar. Ele está a treinar muito bem, com umas performances muito boas, e também vai ser uma grande aposta” da nossa equipa, acrescenta.
Paralelamente ao campeonato nacional, Henrique Revés não esconde igualmente a ambição de ver finalmente um ciclista da Peçamodôvar/ Casa do Benfica envergando a camisola amarela no final da Volta ao Concelho de Almodôvar, que se realiza no fim-de-semana de 27 e 28 de Março.
“Temos ganho por equipas, mas a camisola amarela tem-nos sempre fugido por segundos. Vamos ver como é que a equipa trabalha este ano… Mas se mantiverem esta união, este querer e esta vontade, penso que este ano poderemos dar essa alegria à população”, sublinha.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima