Casa do Alentejo recebe “embaixada cultural” de Castro Verde

Casa do Alentejo recebe “embaixada cultural” de Castro Verde

A Casa do Alentejo, em Lisboa, recebe este sábado, 29 de Setembro, uma verdadeira “embaixada cultural” de Castro Verde, com uma tarde animada pelos grupos ligados à Cortiçol – Cooperativa de Informação e Cultura.
A iniciativa arranca às 15h00 e vai contar com a presença dos grupos femininos “As Camponesas” de Castro Verde e “As Ceifeiras” de Entradas, além dos alunos da Escola de Tocadores e Construção de Violas Campaniças.
O Grupo Coral e Etnográfico Feminino “As Camponesas” de Castro Verde foi fundado em1984 (sendo o primeiro grupo coral alentejano feminino) e no seu percurso assinalam-se dezenas de actuações em todo o país.
Com três anos de existência, “As Ceifeiras” de Entradas <b>[na foto]</b> são oriundas da freguesia com o mesmo nome e são o mais recente grupo coral feminino do concelho.
“As Ceifeiras” encontram-se neste momento a gravar o seu primeiro registo discográfico, que promete ser um trabalho surpreendente.
A Escola de Violas Campaniças resulta de um protocolo de colaboração entre a Cortiçol, a Câmara Municipal de Castro Verde e a Escola Secundária de Castro Verde.
O projecto visa a promoção do toque e construção do mais típico instrumento musical da zona do Campo Branco em ambiente escolar, sendo frequentada por vários jovens.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima