Câmara de Odemira quer criar Polícia Municipal

A Câmara de Odemira pretende avançar com a criação de uma Polícia Municipal, no sentido de reforçar a fiscalização no território e o “sentimento de segurança” entre a população.

A criação da Polícia Municipal “é um compromisso de mandato” e “já falamos com a secretária de Estado da Administração Interna, [Isabel Oneto], que se mostrou disponível e apoiante de um processo destes”, revela ao “CA” o presidente da autarquia.

Segundo o eleito, o processo “ainda levará algum tempo” até se tornar realidade, mas terá “naturalmente uma repercussão muito importante” no território, “que é reforçar a componente de fiscalização e algumas das competências que o município também recebeu da parte do Estado ao nível do trânsito”.

Hélder Guerreiro acrescenta que esta ambição “comporta um investimento significativo”, que resultará “numa ação significativa no território”.

“Portanto, é ‘custo zero’”, destaca.

Partilhar

Facebook
Twitter
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima