Câmara de Mértola quer fixar mais população no concelho

O presidente da Câmara de Mértola afiança que a autarquia faz a sua parte “para tentar fixar e renovar” a população do concelho, considerando que são “necessárias verdadeiras políticas de coesão territorial, não só do âmbito nacional mas também europeu”.

“Tenho a certeza que fazemos a nossa parte para tentar fixar e renovar a nossa população, mas o problema é conjetural e é algo que nos supera. São necessárias verdadeiras políticas de coesão territorial, não só do âmbito nacional mas também europeu, de forma a tornar estes territórios mais sustentáveis e com futuro”, afirma o socialista Mário Tomé em entrevista ao “CA”, publicada nesta sexta-feira, 13.

Ao longo da entrevista, o autarca mertolense revela igualmente as prioridades que tem para o concelho, fazendo ainda um “ponto de situação” de alguns dos projetos que a Câmara Municipal tem em curso, nomeadamente a Estação Biológica e o Lar das 5 Freguesias.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima