Câmara de Beja aprova orçamento de 38,9ME para 2021

A Câmara de Beja vai contar com um orçamento de 38,9 milhões de euros em 2021, um aumento de cerca de 5,2 milhões face ao valor orçamento para este ano. O Orçamento e Grandes Opções do Plano (GOP) da autarquia bejense para o próximo ano foram aprovados na segunda-feira, 14, pela Assembleia Municipal, com os votos a favor dos deputados do PS e as abstenções dos eleitos da CDU, PSD, Bloco de Esquerda e do movimento de cidadãos.
Em comunicado, a Câmara de Beja justifica o crescimento do orçamento “por via do aumento das transferências previstas do Orçamento Geral do Estado”, mais 1,1 milhões de euros, e das transferências “relativas à aceitação das competências no domínio da educação”, com 3,5 milhões de euros.
A autarquia acrescenta que as GOP totalizam 13,7 milhões de euros e “integram as prioridades do actual mandato em fase de execução ou com a perspectiva de se iniciariam em 2021”.
A par do Orçamento e GOP, a Assembleia Municipal de Beja aprovou também todas as propostas do executivo no que respeita aos impostos municipais, sendo que em 2021 o IMI aplicável a prédios urbanos do concelho de Beja será de 0,32%.
Serão majorados em 30% os prédios devolutos identificados como tais pela Câmara Municipal de Beja e haverá uma redução de 20, 40 e 70 euros para agregados com um, dois e três ou mais filhos até aos 26 anos de idade.
Relativamente aos impostos municipais para o próximo ano, a Concelhia de Beja do PSD veio a público defender “a isenção do pagamento de Derrama, pelo período de três anos, para as empresas que se fixem no concelho, desde que criem e mantenham postos de trabalho”.
Em comunicado, o PSD diz esperar ainda que a Câmara de Beja “direccione os seus esforços na minimização do impacto social e económico desta crise, afastando o fantasma do desemprego”, destinando igualmente “algumas verbas no apoio à restauração, comércio e pequenas e médias empresas em dificuldades, nomeadamente, com as verbas não aplicadas nas feiras, festivais e outros eventos que não forem realizados”.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima