Câmara da Vidigueira quer mais segurança no IP2

Câmara da Vidigueira

A Câmara de Vidigueira exige que a Estradas de Portugal corrija as anomalias detectadas no IP2 no concelho, cujas obras de requalificação estão suspensas.
Em nota de imprensa enviada ao “CA”, a autarquia liderada por Manuel Narra revela ter realizado uma vistoria para sinalização das situações de perigo do IP2 na área de influência do concelho, tendo sido detectadas várias anomalias “que podem pôr em risco os utilizadores” da via.
Entre estas, o município destaca a falta de vedações (o que possibilita o atravessamento de pessoas e/ ou animais na via pública), a deficiente sinalização ou a existência de zonas com risco de queda de objectos em altura.
Perante estas situações, a Câmara de Vidigueira pretende que as mesmas “sejam solucionadas” de forma “a garantir a segurança dos utilizadores do IP2, responsabilizando a empresa Estradas de Portugal pelos acidentes que venham a acorrer naquela zona”.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima