Caixa Agrícola de Beja e Mértola mantém apoios para a educação

Caixa Agrícola de Beja e Mértola

A Caixa Agrícola de Beja e Mértola (CABM) pretende manter no próximo ano alguns apoios no plano social, sobretudo no sector da educação.
“É uma componente que não descuramos de forma nenhuma. Há cinco anos criámos um prémio para os melhores alunos das escolas [preparatórias e secundárias dos dois concelhos] e premiamos todos os anos cada escola com 2.000 euros. São sete escolas nos dois concelhos e isso tem-nos dado uma imensa alegria, porque vemos que os alunos recebem este prémio sempre com grande entusiasmo”, justifica ao presidente do conselho de administração da instituição bancária, Francisco Correia.
Com 2.200 sócios, 27 funcionários e uma rede de cinco balcões (Beja, Mira Serra – Beja, Beringel, Cabeça Gorda e Mértola), a CABM continua a apresentar “saúde financeira” e prepara-se para fechar o ano com resultados positivos e superiores aos registados no último exercício, com um volume de negócios a rondar os 160 milhões de euros e um resultado líquido positivo superior aos 129 mil euros de 2011.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima