Caeiros quer Comunidade Regional do Alentejo

Caeiros quer Comunidade

Fernando Caeiros, antigo presidente da Câmara de Castro Verde, defende a criação da Comunidade Regional do Alentejo como medida transitória que deverá culminar com a institucionalização das regiões administrativas.
O antigo autarca da CDU advoga que essas comunidades regionais “deverão extinguir-se” quando as referidas regiões administrativas estiverem criadas “nos termos e segundo os normativos constitucionais”.
Num texto de opinião que pode ler a partir de hoje na edição on-line do “Correio Alentejo”, Caeiros explica, por outro lado, que “por delegação do Estado, poderá competir às comunidades regionais o processo de transição/integração nas regiões administrativas, incluindo a realização de um referendo para pronunciamento dos cidadãos”.
Um referendo em que, refere ainda Fernando Caeiros, “obrigatória e simultaneamente, também deverá aferir-se junto dos eleitores a respectiva delimitação territorial”.
Neste texto de opinião, que avisa ser “de responsabilidade estritamente pessoal”, Fernando Caeiros defende posições que “não convergem integralmente com as resoluções e posições do AMAlentejo” sobre esta matéria e, por isso, segundo faz questão de destacar, a sua opinião pessoal não vincula, “mesmo que indirectamente”, o referido novimento que recentemente reuniu em congresso em Tróia.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima