Cabo ótico submarino “EllaLink” inaugurado em Sines

O primeiro-ministro, António Costa, inaugurou nesta terça-feira, 1, o novo cabo submarino do consórcio “EllaLink”, um investimento de 150 milhões de euros que liga Fortaleza (Brasil) a Sines e vai proporcionar “um nível de conetividade internacional sem precedentes entre os dois continentes”.

Na ocasião, o governante disse tratar-se de um projeto “da maior importância estratégica” para a Europa e para Portugal.

“A nossa posição geográfica fez de nós no passado, faz de nós hoje e fará de nós no futuro algo que é muito importante, que é sermos uma porta de entrada, um ponto de ligação, uma ponte, um ponto de amarração entre a Europa e os outros continentes”, acrescentou Costa.

Já o presidente da Câmara de Sines considerou que a inauguração do cabo submarino “EllaLink” constitui “o início de um novo capítulo no desenvolvimento económico de Sines”.

“Com o surgimento de um setor tecnológico associado a este cabo submarino, o nosso território torna-se ainda mais central para o futuro do país. Para quem cá vive, abrem-se novas oportunidades”, frisou Nuno Mascarenhas.

Segundo o autarca, “como pólo de instalação de <i>data centers</i> vão surgir novos empregos qualificados e uma dinâmica que pode ser transformadora de toda a economia local”.

“Teremos de esperar que os investimentos anunciados se concretizem, mas este é um dia que pode marcar um antes e um depois na vida de Sines neste século”, concluiu.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Odemira promove cidadania ambiental

Alertar as comunidades “para o problema dos resíduos”, para que os cidadãos “se tornem agentes de mudança”, é o grande objetivo do projeto “A Rua

Role para cima