Bombeiros contra novo sistema de transporte de doentes do IPO

Bombeiros contra novo sistema de transporte de doentes do IPO

A Federação dos Bombeiros do Distrito de Beja veio a público contestar o novo sistema de transporte de doentes implementado pelo Instituto Português de Oncologia (IPO), em Lisboa.
Os bombeiros do distrito juntam-se aos de Évora, Portalegre e Setúbal contra o novo modelo de transporte de doentes para o IPO, que entrou em funcionamento em Junho, considerando que este está a agrupar utentes sem ter em conta horários e distâncias.
Há casos de doentes de Aljustrel agrupados com doentes de Borba, no distrito de Évora, o que implica que estes utentes cheguem a fazer "mais três ou quatro horas de viagem", alegam as federações dos bombeiros.
Nesse sentido, as quatro federações já enviaram uma carta ao presidente do conselho de administração do IPO de Lisboa, informando que as corporações iriam apenas transportar doentes relativos às suas áreas de intervenção.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima