Bispo de Beja admite fim da edição em papel do jornal da diocese

Bispo de Beja admite fim da edição em papel do jornal da diocese

O bispo de Beja admite acabar com a edição em papel do semanário da diocese, porque dá "prejuízo financeiro", mas só quando todos os diocesanos tiverem acesso à Internet, altura em que apostará mais na comunicação digital.
A hipótese do fim do "Notícias de Beja" foi admitida por D. António Vitalino Dantas numa nota publicada esta semana no sítio de Internet da Diocese de Beja, a propósito do 84º aniversário daquele jornal de inspiração cristã.
"Se não reconhecesse a urgência da comunicação na Igreja e tivesse encontrado outro meio mais ágil e próximo dos diocesanos, já teria acabado" com a edição em papel do Notícias de Beja, porque "dá muito trabalho aos seus editores e grande prejuízo financeiro à diocese", refere D. António Vitalino Dantas.
Segundo o bispo, o preço das assinaturas pagas pelos assinantes "não cobre os custos" do jornal, que seria "muito mais oneroso, não fosse a generosidade dos seus colaboradores".
D. António Vitalino Dantas lembra que a Diocese de Beja tem um sítio na Internet, em <i>www.diocese-beja.pt</i>, no qual "muitas informações aparecem", mas "nem toda a gente tem acesso a este meio".
Quando toda a gente "tiver" acesso à Internet ou "quando as paróquias estiverem e souberem pôr também os seus paroquianos em rede", "deixaremos a imprensa escrita e apostaremos mais nos novos meios de comunicação digital", admite.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima