Beja regista 500 novos casos de cancro por ano

Beja regista 500 novos

O distrito de Beja regista, em média, cerca de 500 novos casos de cancro por ano, revela ao “CA” o coordenador regional do Alentejo para as doenças oncológicas.
“No Baixo Alentejo temos aproximadamente 500 novos casos de cancro por ano. O mais frequente é o cancro colo-rectal em ambos os sexos. Depois temos nos homens o cancro da próstata e nas mulheres o cancro da mama, e temos ainda os cancros do estômago e do pulmão, que têm também incidências elevadas”, explica o médico oncologista Sérgio Barroso.
De acordo com o também director da Unidade de Oncologia da ULSBA, a situação do Alentejo no que toca à incidência de cancro “não é substancialmente diferente daquilo que acontece no resto do país”, considerando mesmo que a região até possui uma situação mais do que razoável no tratamento da doença no contexto nacional.
“Julgo que o Alentejo, quando o comparamos com aquilo que acontece a nível nacional, está entre os melhores. Não tenho dúvida nenhuma em referir isso”, conclui.

LEIA A ENTREVISTA DE SÉRGIO BARROSO NA ÍNTEGRA NO “CORREIO ALENTEJO” DE 19 ABRIL, JÁ NAS BANCAS.
E VEJA O VÍDEO EM WWW.CORREIOALENTEJO.COM

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima