Beja: PS elogia orçamento, CDU critica algumas opções

Beja: PS elogia orçamento

A Assembleia Municipal de Beja aprovou nesta semana o Orçamento e Grandes Opções do Plano para 2018 da Câmara, no valor de 33,8 milhões de euros, mas o documento é avaliado de diferente forma por PS e CDU.
Para os socialistas, ambos os documentos são “a prova de que as promessas eleitorais são para cumprir”, destacando “o aumento em 5% das verbas transferidas para as juntas de freguesia e em 10% o apoio aos Bombeiros” Voluntários de Beja.
O PS destaca ainda, em comunicado, “o início dos projectos de remodelação de algumas estruturas emblemáticas” da cidade, nomeadamente o Mercado Municipal, a Casa da Cultura, a Biblioteca Municipal e as piscinas descobertas, destacando igualmente os apoios dados às famílias na área da Educação e o avanço das infra-estruturas da nova zona empresarial de Beja, “não salvaguardada pelo executivo anterior e que criou expectativas em investidores que a Câmara não estava em condições de poder cumprir”.
Por sua vez, a CDU, que se absteve na votação dos documentos, considera que o orçamento da Câmara de Beja para 2018 “não introduz praticamente nada de novo em relação a 2017”.
Em comunicado, os comunistas acrescenta ainda que o orçamento faz “parar algumas das grandes linhas de desenvolvimento estruturantes para o concelho e que tinham uma estratégia de médio-prazo já bem definida”.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima