Banco Montepio aliena posição na Almina

O Banco Montepio anunciou, no início de julho, ter vendido, por 67 milhões de euros, os 19% do capital que detinha na Almina Holding, que tem a concessão das minas de Aljustrel, no âmbito da sua “estratégia contínua de redução de ativos não estratégicos”.

De acordo com a instituição bancária, “a concretização desta operação materializa a estratégia de contínua redução de ativos não estratégicos e constitui uma das medidas de aumento dos rácios de capital conforme previsto no Plano de Financiamento e Capital”.

Em declarações ao “CA”, o presidente da administração da Almina afiança que a saída do Banco Montepio “não altera nada” na empresa.

“Ficou tudo dentro dos acionistas atuais”, acrescentou Humberto da Costa Leite.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima