Autarcas do Alentejo Litoral querem congresso extraordinário da ANMP

Autarcas do Alentejo Litoral querem congresso extraordinário da ANMP

A Comunidade Intermunicipal do Alentejo Litoral (CIMAL) pediu no final da passada semana a realização de um congresso extraordinário da Associação Nacional de Municípios Portugueses (ANMP) para discutir a situação de crise económica do país.
Segundo o presidente da Câmara de Grândola, o socialista Carlos Beato, que preside à CIMAL, a proposta de convocação da reunião extraordinária foi enviada ao presidente da ANMP, Fernando Ruas.
A CIMAL tomou a decisão numa reunião, realizada quinta-feira, 20, em que marcaram presença todos os municípios que integram a sua estrutura: Alcácer do Sal (PS), Odemira (PS), Santiago do Cacém (CDU), Sines (independente) e Grândola (PS).
Os autarcas do Litoral Alentejano consideram que a proposta de Orçamento do Estado (OE) para 2012 "é de tal modo grave que vai pôr em causa o funcionamento das autarquias".
A proposta de OE é um "desastre para o poder local", diz mesmo Carlos Beato.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima