Autarcas apelam ao diálogo na Somincor

Autarcas apelam ao diálogo na Somincor

O adiamento das obras do projecto de expansão do zinco e o impasse nas negociações entre a Somincor e trabalhadores está a causar alguma apreensão nos autarcas de Castro Verde e Almodôvar.
“Estou muito preocupado. Já tive oportunidade de falar com dirigentes do STIM e com a empresa para apelar à necessidade de um entendimento que salvaguarde as diferentes posições”, sublinha o presidente da Câmara de Castro Verde, António José Brito.
“Terá de haver cedências de ambas as partes e acredito que o bom senso prevalecerá. […] Seria lamentável que o futuro fosse posto em causa por falta de diálogo e bom senso”, acrescenta.
Também o presidente da Câmara de Almodôvar espera que seja possível um entendimento entre as partes, garantindo a disponibilidade dos autarcas da região para colaborar no processo.
“Tenho a certeza que todos juntos – administração, trabalhadores e presidentes de Câmara – poderemos chegar a um ponto de encontro”, vincou António Bota em declarações recentes à Rádio Castrense.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima