Autarca de São Teotónio quer freguesias com mais orçamento

Autarca de São Teotónio quer

O presidente da Junta de Freguesia de São Teotónio defende alterações à lei que determina os orçamentos das câmaras municipais e das juntas de freguesias.
A posição de José Manuel Guerreiro surge na sequência de São Teotónio ir agregar o território da freguesia de Zambujeira do Mar no âmbito da reforma do mapa administrativo das freguesias, ficando com mais área e habitantes que duas “mãos cheias” de concelhos do Alentejo, entre os quais Alvito, Barrancos e Cuba.
“Barrancos, por exemplo, cabe três vezes no nosso território. Mas são capazes de ter orçamentos de milhões, quando nós temos apenas 600 mil euros para gerir uma freguesia com esta dimensão”, nota ao "CA" José Manuel Guerreiro.
“Mais: temos 30 funcionários [na Junta de Freguesia de São Teotónio] e há muitas câmaras que têm muito menos área para tratar e têm muito mais funcionários, muito mais orçamento e tudo mais”, acrescenta o autarca.
Esta realidade é, em parte, contrariada com o facto da Câmara de Odemira delegar “competências e algum dinheiro” nas freguesias do concelho, o que permite à Junta de São Teotónio alargar a sua acção. Ainda assim, José Manuel Guerreiro gostaria de ver alterada a legislação que regulamenta os orçamentos de câmaras e freguesias.
“A lei devia ser alterada e era positivo que nos dessem mais competências, em vez de serem as câmaras a decidirem dar-nos isto ou aquilo. Esta é uma situação que devia ser visto com olhos de ver pelo Poder Central”, conclui o autarca de São Teotónio.

Partilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Correio Alentejo

Artigos Relacionados

Role para cima